domingo, 8 de fevereiro de 2009

After a While


Imagem: Rianete
Depois de um tempo você aprende
a sutil diferença entre
segurar uma mão e acorrentar uma alma
e você aprende
que amar não significa apoiar-se
e companhia não quer sempre dizer segurança
e você começa a aprender
que beijos não são contratos
e presentes não são promessas
e você começa a aceitar suas derrotas
com sua cabeça erguida e seus olhos adiante
com a graça de mulher, não a tristeza de uma ciança
e você aprende a construir todas as estradas hoje
porque o terreno de amanhã é
demasiado incerto para planos
e futuros têm o hábito de cair
no meio do vôo
Depois de um tempo você aprende
que até mesmo a luz do sol queima
se você a tiver demais
então você planta seu próprio jardim
e enfeita sua própria alma
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores
E você aprende que você realmente pode resistir
você realmente é forte
você realmente tem valor
e você aprende
e você aprende
com cada adeus, você aprende

Veronica A. Shoffstall

Este poema foi escrito em 1971 pela autora quando tinha 19 anos, foi publicado em seu anuário de faculdade em 1972

6 comentários:

Paulo disse...

Cara Mai,

Você tinha razão, realmente não seria possível este poema ser de Borges, nem de Shakespeare, como recebí por e-mail postei sem verificar a autoria, peço desculpas. Penso que foi útil para tirarmos a dúvida quanto a autoria.

Obrigado, Abraços!

B. 7 disse...

olá...
primeiramente agradeço pela visita e pelo comentário:D
tambems gostei muito daqui e vitarei com frequência^^

Abraço e ótima semana, do modo mais simples do mundo. ehehe

Mateus Araujo disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que blog lindooooooooo!!!!
estou te acompanhando
isso daqui é pura arte!!!
BJO

Mai disse...

Que coisa legal, cara.
Não combinava com a linguagem daqueles dois e o Borges mais parecia um cético misantropo do que um apóstolo da sabedoria da maturidade.
Bárbaro o resultado da tua pesquisa porque tem arquivos em ppt que circulam e não dão o crédito devido à sua autora.

Parabéns por teu trabalho de pesquisa.

E muito grata pois agora sei quem escreveu o texto.

Muito carinho e admiração,

Mai.

Branca disse...

Este texto é muito bom...tb já vi creditado a vários autores no ppt, legal vc ter procurado a autoria correta.

bjos.

Maria disse...

Não sabia de quem era, e nem qnd tinha sido escrito. Mas sempre soube que o verso é lindo ^^

Beijo meu