terça-feira, 18 de agosto de 2009

Rosa Platônica



Onde estará a rosa que em tua mão
prodiga, sem saber, íntimos dons?
Não está na cor, porque a flor é cega,
nem na doce fragrância inesgotável,
nem no peso da pétala. Essas coisas
são alguns poucos e perdidos ecos.
A rosa verdadeira está bem longe.
Pode ser um pilar ou uma batalha
ou um firmamento de anjos ou um mundo
infinito, secreto e necessário,
ou o júbilo de um deus que não veremos
ou um planeta de prata em outro céu
ou um arquétipo horrível que não tem
a forma dessa rosa.

Jorge Luis Borges

Um comentário:

Mai disse...

Oi, querido.

Onde estará a Rosa, se as rosas estão nos canteiros e jardins?
Onde estiverem rosas e Rosa, o amor estará.

Bom sentir VIDA e AMOR por aqui.

Beijos meu amigo, lindo.
fica bem.