quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Viver...Guimarães Rosa

"... Veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam. Verdade maior. É o que a vida me ensinou..."

Eu atravesso as coisas – e no meio da travessia não vejo!
- só estava era entretido na idéia dos lugares de saída e de chegada.
Assaz senhor sabe: a gente quer passar um rio a nado, e passa;
mas vai dar na outra banda é num ponto muito mais em baixo,
bem diverso do em que primeiro se pensou. Viver nem não é
muito perigoso?

"O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem."

-Guimarães Rosa-

5 comentários:

Risko disse...

Bom blog e continuacao de boas postagens.

Deste ja te convido a visitares, comentares e seguires- Altitude1995.blogspot.com

Força nessas postagens!
abraço

Mai disse...

Coisa linda é você em suas escavações. E sim, somos inacabados e estamos à caminho, amigo. Mutantes, errantes, itinerantes.
Beijo você e saúdo a sua saúde!

Dois Rios disse...

Ai, Paulo, eu amo esse texto do velho Guima. Ele é de uma autencidade que inunda os nossos mais básicos sentimentos.

Bom estar por aqui de novo.

Saudades!

Beijo,
Inês

Lisa Alves disse...

Guimaraes Rosa é atemporal. Teu espaço é otimo, parabéns!

http://lisaallves.blogspot.com/

Dois Rios disse...

E por falar em saudade,
onde anda você,
onde andam seus posts,
que eu gosto de ler...

Volta logo, Paulo!

Beijo,
Inês