domingo, 7 de março de 2010

Friedrich Nietzsche


Fotografia: Jose Julio Santos
Ninguém pode construir em teu lugar
as pontes que precisarás passar para
atravessar o rio da vida.
Ninguém exceto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem números
e pontes, e semi-deuses que se oferecerão
para levar-te além do rio, mas isso te
custaria a tua própria pessoa.
Tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho por onde
só tu podes passar.
Onde leva? Não perguntes, segue-o.
- Da obra: Assim Falou Zaratustra -

3 comentários:

Dois Rios disse...

Querido Paulo,

Eis a pura essência da realidade. Só nós somos capazes de erguer pontes ou muros ao longo do nosso caminho.

Beijos,
Inês

O que Cintila em Mim disse...

Siga teu caaminho sem se preocupar com o que pensam dele. Faça-o ser do seu melhor.

Mai disse...

E assim falou Nietzsche.

Adoro!

bom ler teus recortes.
Muito carinho